Pages

E as Estrelas foram para...

Num ano em que tudo começa a voltar ao que é normal o consagrado Guia Michelin não foi cruel para os que já eram detentores de estrelas e manteve as coisas como estavam. Seria frustrante no meio de antes adversidades perder parte do reconhecimento de uma equipa de trabalho que dia após dia faz o que gosta não só por orgulho mas acima de tudo para nos prestar os melhores momentos possíveis desde que entramos na sala e até que saímos da mesma, nunca esquecendo como é óbvio todo o produto que nos servem, seja este de um modo mais clássico ou carregado de técnica e contemporaneidade.


Ainda não foi desta que um dos até então 7 restaurantes com duas estrelas ascende ao galardão máximo do prestigiado Guia Michelin, contudo 2020 trouxe cinco novas entradas de norte a sula do país . Eram 3 e agora são 40 as estrelas que moram nos 33 restaurantes portugueses premiados.


A grande vitória deu-se no Algarve onde pela primeira vez Luís Brito subiu aos céus para colocar uma estrela no seu A Ver Tavira e Louis Anjos meteu o Al Sud também neste prestigiadas lista. O Alentejo volta a ver a estrela com o excelente trabalho de Carlos Teixeira no Esporão. Porto e Lisboa não deixaram de carimbar mais um restaurante cada.Arnaldo Azevedo no Vila Foz e Pedro Pena Bastos no Cura. Neste rectângulo à beira mar plantado que tanto nos deixa orgulhosos são agora 33 restaurantes estrelados, dos quais 7 são de duas estrelas. Mas passamos a citar os vencedores, de norte a sul do pais, sem esquecermos a pérola do atlântico, a ilha da Madeira.


- The Yeatman - Chef Ricardo Costa - Vila Nova de Gaia **
- Antiqvvm - Chef Vitor Matos - Porto *
- Casa de Chá da Boa Nova - Chef Rui Paula - Matosinhos **
- Largo do Paço - Chef Tiago Bonito - Amarante *
- Pedro Lemos - Chef Pedro Lemos - Porto *
- Belcanto - Chef José Avillez - Lisboa **
- Alma - Chef Henrique Sá Pessoa - Lisboa **
- Eleven - Chef Joachim Koerper - Lisboa *
- Feitoria - Chef João Rodrigues - Lisboa *
- Fortaleza do Guincho - Chef Gil Fernandes - Cascais *
- LOCO - Chef Alexandre Silva - Lisboa *
- LAB by Sergi Arola - Chef Sergi Arola - Sintra *
- Ocean - Chef Hans Neuner - Armação de Pêra **
- Vila Joya - Chef Dieter Koshina - Albufeira **
- Bon Bon - Chef José Lopes - Carvoeiro *
- Vista - Chef João Oliveira - Praia da Rocha *
- Gusto by Heinz Beck - Chef Daniel Pirillo / Chef Heinz Beck - Quinta do Lago *
- 100 Maneiras - Chef Ljubomir Stanisic - Lisboa *
- Il Gallo D'oro - Chef Benoit Sinthon - Funchal **
- William - Chef Luis Pestana / Joachim Koerper - Funchal *
- Midori - Chef Pedro Almeida - Sintra *
- G Pousada - Chef Óscar Gonçalves - Bragança *
- A Cozinha - Chef António Loureiro - Guimarães *
- Mesa de Lemos - Chef Diogo Rocha - Viseu *
- Epur - Chef Vincent Farges - Lisboa *
- Fifty Seconds by Martin Berasategui - Chef Filipe Carvalho - Lisboa *
- Vistas - Chef Rui Silvestre - Sesmarias V.N. Cacela *
- Eneko Lisboa - Chef Eneko Atxa - Lisboa *
- Vila Foz - Chef Arnaldo Azevedo *
- Cura - Chef Pedro Pena Bastos *
- Esporão - Chef Carlos Teixeira *
- Al Sud - Chef Louis Anjos *
- A Ver Tavira - Chef Luís Brito *


Resta apenas dar os parabéns a todos os contemplados pela distinção, não só às novas entradas que são mais que merecidas, mas também aos que mantiveram tão distinto galardão pela continuação do bom trabalho. 40 salvas de palmas para todos vós.