Pages

E as estrelas foram para...

Depois da chuva de estrelas de 2016, o ano de 2017 foi um tanto ou quanto mais calmo. A consistência manteve-se nos restaurantes já estrelados, fazendo com que não houvessem qualquer tipo de alterações, contudo e a custo do excelente trabalho que desenvolveram à duas novas entradas neste role de restaurantes exclusivos.


Foi ontem em Tenerife que se anunciou os vencedores das tão desejadas estrelas. Já se sabia que este ano Portugal não iria ser brindado com a quantidade de estrelas do ano anterior. Felizmente nenhuma estrela foi perdida e houve duas novas entradas. Neste rectângulo à beira mar plantado que tanto nos deixa orgulhosos são agora 23 restaurantes estrelados, dos quais 5 são de duas estrelas. Mas passamos a citar os vencedores, de norte a sul do pais, sem esquecermos a pérola do atlântico, a ilha da Madeira.


- The Yeatman - Chef Ricardo Costa - Vila Nova de Gaia **
- Antiqvvm - Chef Vitor Matos - Porto *
- Casa de Chá da Boa Nova - Chef Rui Paula - Matosinhos *
- Largo do Paço - Chef André Silva - Amarante *
- Pedro Lemos - Chef Pedro Lemos - Porto *
- Belcanto - Chef José Avillez - Lisboa **
- Alma - Chef Henrique Sá Pessoa - Lisboa *
- Eleven - Chef Joachim Koerper - Lisboa *
- Feitoria - Chef oão Rodrigues - Lisboa *
- Fortaleza do Guincho - Chef Miguel Rocha Vieira - Cascais *
- LOCO - Chef Alexandre Silva - Lisboa *
- LAB by Sergi Arola - Chef Sergi Arola - Sintra *
- L'and - Chef Miguel Laffan - Montemor-o-Velho * 
- Ocean - Chef Hans Neuner - Armação de Pêra **
- Vila Joya - Chef Dieter Koshina - Albufeira **
- Bon Bon - Chef Rui Silvestre - Carvoeiro *
- Vista - Chef João Oliveira - Praia da Rocha *
- Gusto by Heinz Beck - Chef Daniel Pirillo / Chef Heinz Beck - Quinta do Lago *
- Henrique Leis - Chef Henrique Leis - Almancil *
- São Gabriel - Chef Leonel Pereira - Almancil *
- Willie's - Chef Willie Wurger - Vilamoura * 
- Il Gallo D'oro - Chef Benoit Sinthon - Funchal **
- William - Chef Luis Pestana / Joachim Koerper - Funchal *


Resta apenas dar os parabéns a todos os contemplados pela distinção, não só às novas entradas que são mais que merecidas, mas também aos que mantiveram tão distinto galardão pela continuação do bom trabalho. 28 salvas de palmas para todos vós.